Índice de homens que procuram cirurgias plásticas salta de 5% para 30%

Quem pensa que as mulheres são as únicas interessadas em mudar a aparência com cirurgias plásticas e tratamentos estáticos está enganado.

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica mostram que, nos últimos cinco anos, a porcentagem de homens que se submetem a cirurgias estéticas subiu de 5% para 30%.

Segundo o cirurgião plástico Acrysio Peixoto, os homens estão aceitando menos o envelhecimento e “procurando formas de ficar com uma aparência melhor.”

Dados dão conta de que homens com menos de 20 anos fazem mais cirurgias de nariz, diminuição da glândual mamária e correção de orelhas de abano. De 20 a 40 anos, a cirurgia mais procurada é a lipoaspiração. Já os homens com idade entre 40 e 50 anos, a cirurgia das pálpebras e implantes capilares são os procedimentos mais cotados. Acima dos 50, os homens procuram mais o lifting da face.

“Hoje os homens não só procuram a cirurgia, mas também estão usando procedimentos não cirúrgicos, como a toxina botulínica, preenchimento com ácido hialurônico, laser e cremes em geral”, disse o especialista.

Fonte SRZD link