Câncer de pele é o tipo de câncer mais freqüente no Brasil.

Nas últimas décadas, a incidência de câncer de pele aumentou significativamente no mundo todo e no Brasil. Ele é responsável por 25% de todos os tumores malignos registrados no País, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Apesar de ser essencial à vida, pois proporciona sensação de bem-estar e é indispensável para a produção de vitamina D, o sol também pode causar danos à pele, devido aos raios UVA, UVB, IV (Infravermelho) e luz visível, como câncer, envelhecimento precoce, irritações, inflamações, lesões, queimaduras e feridas.

Com a chegada do verão, costumamos abusar da exposição solar. Procure tomar sol nos horários em que os raios solares são menos intensos, como antes das 10 e depois das 16hs. Além disso nunca deixe de usar um protetor solar de qualidade e adequado para o seu tipo de pele.